renancevales@gmail.com       +55 11 993 977 683

  • Preto Ícone Vimeo
  • Facebook Basic Black
  • Black Instagram Icon

PROJETO INVISÍVEL

2017-

INVISIBLE PROJECT

2017-

The project comprises a series of actions for public space and areas of coexistence, with the eyeglasses as a way to create a strange relation between public and performers. The artist proposes a series of spatial and choreographic interferences in creating a series of eyeglasses that prevent the exchange of looks between the performers and the public and that have wood structures that materialize the direction of the look of the performers.

 

Intercalating sculpture, performance and intervention, the project foresees experiences, public lectures, silent demonstrations and performative programs created from the demands of each space, always having the impossibility of vision as its central problem. It is a work of opacities, of denials, of fractional communication, which seeks to force other modes of relation between subjects as well as the creation of other resources for mutual understanding.

 

The project is based on Workstations: it develops episodically, understanding all experimentation at the same time as an experimentation for a future final form and a specific opening. With different actions at each new execution, it responds to each space and context in which it is inserted from the premises of the project. I seek not only to develop a new work, but to find a fragmented and continuous mode of production (and survival), which faces the apparent increasing impossibility of artistic research in Brazil.

O projeto compreende uma série de ações para espaço público e áreas de convivência, tendo o objeto óculos como disaparador de uma relação estranhada entre público e performers.
O artista propõe uma série de interferencias espaciais e coreográficas ao criar uma série de óculos que impedem a troca de olhares entre os performers e o público e que possuem objetos e estruturas de madeira que materializam o direcionamento do olhar dos performers.


Ao intercalar escultura, performance e intervenção o projeto prevê vivências, palestras públicas, manifestações silênciosas e programas performativos criadas a partir das demandas de cada espaço, tendo sempre a impossibilidade de visão como seu problema central. É um trabalho de opacidades, de negações, de comunicação fracionada, que busca forçar outros modos de relação entre sujeitos assim como a criação de outros recursos para o entendimento mútuo. 

O projeto é pensado a partir de Estações de Trabalho: desenvolve-se de forma episódica, entendendo toda experimentação ao mesmo tempo como um ensaio para uma futura forma final e uma abertura específica. Com ações diversas a cada nova execução, responde a cada espaço e contexto no qual o se insere a partir das premissas do projeto. Busco com isso não apenas desenvolver uma nova obra, mas encontrar um modo de produção (e sobrevivência) fragmentada mas contínua, que faça frente à aparente impossibilidade crescente de pesquisa artística no Brasil.
 

HISTÓRICO WORK PRESENTATIONS

2017

Descanso para julgamentos

performers: Carolina Callegaro, Tetembua Dandara e Renan Marcondes

ESTAÇÃO 1: projeto INSTAURAÇÃO - SESC Belenzinho

STATION 1: Instauration - SESC Belenzinho

Sarau.concreto da cia LCT - Viaduto do Chá

Sarau.concreto from LCT company - Viaduto do Chá

2017

Palestra para coisas e objetos

performers: Chico Lima e Cauê Gouveia

ESTAÇÃO 2: SP Escola de Teatro - aula para objetos

STATION 2: SP School of Theatre

2018

Discurso sobre pés e tetos

performer: Renan Marcondes

ESTAÇÃO 3: OMA Galeria

STATION 3: OMA Gallery

2018

Educativo para paredes

performers: Selma Maria e Julia Cavazzini

ESTAÇÃO 4: Adelina Galeria - Exposição Fundo Falso

STATION 4: Adelina Gallery

2018

Panoanteparopaisagem

performer: Renan Marcondes

ESTAÇÃO 5 Exposição SCAPELAND - Galeria Marta Tabra - Memorial da América Latina

STATION 5: SCAPELAND Exibithion - Marta Tabra Gallery - Latin America Memorial

2018

Passeata para acidentes

(residência e performance)

performers e co-criadoras: 

     Juliana Bueno, Marina Frascareli, Daniele Araujo, Manoela De Mare, Vitória Galhardo, Thathá, Carolina Callegaro, Daniele Queiroz 

ESTAÇÃO 6 Sesc Bauru e UNESP - evento (im)perfeições

STATION 6: Sesc Bauru and UNESP

2019

Show para ninguém

performer:

ESTAÇÃO 7 Museu de Arte Moderna de São Paulo

STATION 7 Museum of Modern Art - São Paulo